Fedora Rawhide Custom Iso

Captura de tela em 2017-10-16 09-56-32

Fala pessoal!

Venho mais uma vez com uma nova notícia, dessa vez relacionado ao sistema operacional em si.
Estava a muito tempo incomodado com o fato de que o Fedora não venha com os programas que uso diariamente, sendo necessário sempre instalar tudo de novo quando faço uma formatação.

Comecei então à estudar como fazer um Remix do Fedora, e após umas 5 imagens geradas, a 6° saiu perfeita! (Pra mim pelo menos).

Então estou compartilhando com vocês uma imagem do Fedora Mate Rawhide!

Vamos à lista de modificações:

  • Liguagem padrão pt_BR;
  • Layout de teclado br;
  • Serviço SSH habilitado no boot e liberado no firewalld;
  • Compiz removido (Nunca nem usei :P);
  • Versão Rawhide (Rolling Release);
  • Repositórios rpmfusion e google-chrome-stable incluídos;
  • Programas incluídos:
    • arc-theme;
    • thunderbird;
    • google-chrome-stable;
    • remmina;
    • vlc;
    • ffmpeg;
    • nmap;
    • chntpw;
    • testdisk;
    • python3-tools;
    • gimp;
    • strace;
    • fuse-exfat;
    • exfat-utils;
    • ftp;
    • libtxc_dxtn;
    • unrar.

Link para download: Fedora Mate Rawhide Custom

Para gravar a imagem em um pendrive ou cd, basta seguir as instruções deste site:

https://fedoraproject.org/wiki/How_to_create_and_use_Live_USB

É isso ai! Espero que gostem.

Até a próxima!

Advertisements
Fedora Rawhide Custom Iso

Dolphin-emu no Fedora Rawhide (e outros releases)

This slideshow requires JavaScript.

Pra quem não conhece, Dolphin-emu é um excelente emulador de Nintendo Wii e Gamecube multiplataforma.

Eu sei que já postei aqui sobre este emulador, mas quem tem o Fedora Rawhide sabe que a versão disponível no rpmfusion é impossível executá-lo devido a um erro de dependência (libsoundtouch).

Porém elaborei um script que faz o download do código fonte, prepara um srpm e envia ao serviço do Fedora COPR para compilar, e este sim, funciona no Fedora Rawhide.
De quebra, também faço a compilação para outras releases suportadas do Fedora.
Assim você fica sempre com seu emulador atualizado.

Para baixar os pacotes, basta acessar este link:

https://copr.fedorainfracloud.org/coprs/victoroliveira/Dolphin-emu/

Abraço!

Dolphin-emu no Fedora Rawhide (e outros releases)

Drivers NVIDIA 340.104 no Fedora Rawhide

Captura de tela em 2017-10-15 19-45-36

Sim, eu sei que pode parecer loucura, mas mudei o sistema para o Fedora Rawhide…
Mas vamos ao que interessa, sim! É possível utilizar os drivers da NVIDIA no Fedora Rawhide (Kernel 4.14)!
Para que isso fosse possível, perdi meu domingo inteiro tentando “debugar” sozinho o código fonte do driver, mas vamos ao que interessa, como fazer tal façanha!

Passo 1:
Para realizar a compilação é necessário possuir os pacotes necessários, para isso digite o comando:
# dnf update && dnf install make automake autoconf gcc gcc-c++ kernel-devel

Passo 2:
É necessário fazer o download do driver no site da NVIDIA (No meu caso 9500GT) baixei um driver legado através deste link: NVIDIA 340.104 Linux 64.

Passo 3:
Extraia o driver com o comando:
$ /NVIDIA-Linux-x86_64-340.104.run -x

Passo 4:
Substitua a linha 176 do arquivo ./NVIDIA-Linux-x86_64-340.104/kernel/nv-drm.c para:
ret = drm_legacy_pci_init(&nv_drm_driver, pci_driver);

E a linha 186 do mesmo arquivo acima substitua para:
drm_legacy_pci_exit(&nv_drm_driver, pci_driver);

Aparentemente tudo certo, mas o kernel usado no Fedora Rawhide só permite que módulos com licença GPL sejam utilizados (Culpa do script modpost), então vamos a uma gambiarra para permitir que o módulo seja carregado:

Passo 5:
Substitua as linhas: 34 do arquivo./NVIDIA-Linux-x86_64-340.104/kernel/nv.c e 18 do arquivo./NVIDIA-Linux-x86_64-340.104/kernel/nv-frontend.c para:
MODULE_LICENSE(“GPL”);

Passo 6:
É necessário agora impedir o carregamento do módulo nouveau com o comando:
# grubby –args=”modprobe.blacklist=nouveau” –update-kernel=”ALL”

Passo 7:
Espera aí mais um pouco que a diversão só está começando…
Reinicie o computador.
Após a inicialização, abra um terminal elevado e digite:
# init 3
Você será agraciado com uma linda tela preta 🙂

Passo 8:
Entre no diretório aonde o driver foi extraído, exemplo:
# cd /home/victor/NVIDIA-ummontedecoisa
/

Execute o instalador com o parâmetro –no-unified-memory (sem cuda… ele acaba dando erro para compilar), exemplo:
# ./nvidia-installer –no-unified-memory

Passo 9:
Aceite os termos e aguarde a bagaça fazer seus paranauês e maracutaias.
Ao fim da compilação, aceite a instalação das bibliotecas 32bits e a execução do nvidia-xconfig.
Ao fim de tudo, reinicie o computador com o comando:
# reboot

Passo 10:
Relaxe e aproveite, a guerra terminou… Ufa!

Complicado mas é possível 😀

Drivers NVIDIA 340.104 no Fedora Rawhide

Instalando dependências no Fedora

Fala pessoal tudo beleza?

Depois de algum tempo longe do site prometo voltar a movimentar novamente, criando novos posts e mostrar alguns assuntos bacanas, afinal compartilhar conhecimento é o mínimo que posso fazer pra ajudar a comunidade que tanto me ajuda com o desenvolvimento do Linux.

Então hoje vou falar sobre como encontrar mais facilmente as dependências de bibliotecas no Linux, em especial o Fedora.

Ao abrir algum jogo, provavelmente vocês já devem ter se deparado com essa situação:

captura-de-tela-em-2017-02-05-02-05-59

Pois bem, esse é um acontecimento bem comum, no qual o game ou aplicação não encontra a exata versão necessária de uma biblioteca para seu funcionamento. Porém, acontece que alguns programas utilizam versões antigas dos programas… E agora, o que fazer?

Sem problemas, vamos à solução: O gerenciador de pacotes DNF possui algo bem bacana que é poder verificar qual pacote fornece tal arquivo com a sintaxe:

# dnf provides */arquivo

Dessa forma, saberemos qual pacote deverá ser instalado para a execução do programa.

Existem alguns casos que a biblioteca necessária é tão antiga, que não existe em nenhum pacote disponível no repositório. Neste caso, é necessário navegar até o site: pkgs.org e digitar o nome da dependência lá, e assim baixar o pacote necessário, e extraí-lo dentro da mesma pasta que o programa que queremos executar.

Simples assim.

Para facilitar, segue um script pra automatizar a busca e instalação de dependências. Basta salvar o texto a seguir em um novo arquivo e salvá-lo em ~/.local/bin e marcá-lo como executável (chmod +x ~/.local/bin/script):

#!/bin/bash
lib=”$1″
pkg=$(sudo dnf -q provides */”$1″| head -n1| cut -d\. -f1)
pkg=${pkg%-*}
echo $pkg

if [ “$pkg” == “” ]; then
    exit
fi

echo “Pacote: $pkg”
echo “Selecione a arquitetura:”
select i in i686 x86_64 Sair; do
case “$REPLY” in
       1)
       sudo dnf -y install “$pkg.i686”
       break
       ;;
       2)
       sudo dnf -y install “$pkg.x86_64”
       break
       ;;
       *)
       exit
    esac
done

Para executá-lo, basta digitar: ./script nome_da_dependência.

 

Instalando dependências no Fedora

Epsxe 2.0.2 para Fedora 23!

captura_de_tela_de_2016_06_03_16_07_19

Fala pessoal, beleza?
Hoje trago uma novidade muito bem vinda a todos os retrogamers, em especial os que amam um bom jogo de Playstation 1.
Saiu o Epsxe 2.0.2! Um ótimo emulador de playstation com algumas funções interessantes.

Nessa nova versão não necessitamos de plugins, pois o interno é bem completo, podendo inclusive configurar alguns filtros. Porém ele necessita de algumas configurações iniciais. Mas sem problemas! Já criei um arquivo com tudo OK, basta fazer o seguinte:

Baixe e extraia o arquivo no fim do post.

Execute o script “instala_dependencias.sh” e logo após abra o “epsxe_launcher.sh”.

O arquivo bios já está incluído no arquivo zip.

Boa emulação!

Download: https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSbmEyNFdqbDFMdEE/view?usp=sharing

Epsxe 2.0.2 para Fedora 23!

Drivers AMD no Fedora 23 – Automático

Faala pessoal beleza?

Hoje trago algo que vai ajudar muita gente com o Fedora 23 que não consegue instalar o driver da AMD no computador. Pois bem, após algumas horas de dedicação, trago-lhes um script que automatiza a instalação do driver em vossos computadores.

Funciona assim:

Primeiramente execute o script “driver_amd.sh” e após a execução reinicie o computador. Execute segundo script “driver_amd_2.sh” e reinicie novamente. Pronto! Seu computador estará com o driver da AMD instalado e configurado corretamente!

Download script: https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSYlM1QVRkWnNEYjg/view?usp=sharing

Algumas prints com o driver instalado:

Captura de tela de 2016-02-26 16-42-29Captura de tela de 2016-02-26 16-42-36Captura de tela de 2016-02-26 16-42-50

Isso aí, até a próxima!

Drivers AMD no Fedora 23 – Automático

Gnome Extensions

Faala pessoal, beleza?

O grande barato do Linux é não ficar preso a nada, estar livre pra modificar o que quiser, o que quiser mesmo, desde animações de boot até interfaces gráficas. E hoje vou falar sobre como personalizar uma interface gráfica muito conhecida e particularmente a minha favorita: Gnome!

Imagine o seguinte: Você quer ver a temperatura do processador diretamente pela barra superior, sem ter que abrir programas:

screenshot_841_weebjiu

Ou ainda você quer colocar um dock simples:

screenshot_815_hxepkqe1

LOL, dá pra mudar tudo nesse sistema Chessusssssssss!!!

Vamos lá, pra modificar sua interface gráfica é muito fácil, basta acessar este site:

https://extensions.gnome.org/

E fazer a festa! Clique na extensão que quiser e clique na chave “on” e pronto, extensão instalada.

Isso aee pessoal, até a próxima!

Gnome Extensions