Drivers AMD no Fedora 23 – Automático

Faala pessoal beleza?

Hoje trago algo que vai ajudar muita gente com o Fedora 23 que não consegue instalar o driver da AMD no computador. Pois bem, após algumas horas de dedicação, trago-lhes um script que automatiza a instalação do driver em vossos computadores.

Funciona assim:

Primeiramente execute o script “driver_amd.sh” e após a execução reinicie o computador. Execute segundo script “driver_amd_2.sh” e reinicie novamente. Pronto! Seu computador estará com o driver da AMD instalado e configurado corretamente!

Download script: https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSYlM1QVRkWnNEYjg/view?usp=sharing

Algumas prints com o driver instalado:

Captura de tela de 2016-02-26 16-42-29Captura de tela de 2016-02-26 16-42-36Captura de tela de 2016-02-26 16-42-50

Isso aí, até a próxima!

Drivers AMD no Fedora 23 – Automático

Gnome Extensions

Faala pessoal, beleza?

O grande barato do Linux é não ficar preso a nada, estar livre pra modificar o que quiser, o que quiser mesmo, desde animações de boot até interfaces gráficas. E hoje vou falar sobre como personalizar uma interface gráfica muito conhecida e particularmente a minha favorita: Gnome!

Imagine o seguinte: Você quer ver a temperatura do processador diretamente pela barra superior, sem ter que abrir programas:

screenshot_841_weebjiu

Ou ainda você quer colocar um dock simples:

screenshot_815_hxepkqe1

LOL, dá pra mudar tudo nesse sistema Chessusssssssss!!!

Vamos lá, pra modificar sua interface gráfica é muito fácil, basta acessar este site:

https://extensions.gnome.org/

E fazer a festa! Clique na extensão que quiser e clique na chave “on” e pronto, extensão instalada.

Isso aee pessoal, até a próxima!

Gnome Extensions

Instalando os drivers Nvidia no Fedora

nlogo

Faala pessoal beleza?

Hoje vou falar algo muito simples e muito complexo ao mesmo tempo, instalação de drivers de vídeo Nvidia no Fedora!

É possível instalar utilizando o repositório Rpm Fusion, mais como somos users hardcore, vamos compilá-lo diretamente do site da Nvidia.

Primeiramente é necessário baixar o driver correto para sua placa de vídeo clicando aqui.

Com o driver em “mãos” vamos para a parte mais burocrática, que nem é tão difícil assim.

Para compilar o driver, é necessário o kernel mais recente. Para isso vamos atualizar o sistema e reiniciar o computador:

$ sudo dnf -y update; reboot

Após o reinício do computador, vamos instalar os pacotes de desenvolvimento do kernel, gcc, gcc-c++ e suas dependências, e claro, desabilitar o driver opensource nouveau, para que o da Nvida possa ser carregado. Vamos fazer tudo isso de uma vez com o comando abaixo:

$ sudo dnf -y install kernel-devel kernel-headers gcc gcc-c++; sudo grubby –args=modprobe.blacklist=nouveau –update-kernel=ALL

Beleza, meio caminho andado, agora vamos reiniciar o computador mais uma vez. Perceba que a resolução da tela estará uma merda, afinal, nenhum driver foi carregado:)

Agora sim vamos instalar o driver!

Abra um terminal no diretório aonde se encontra o driver e execute-o:

$ sudo ./NVIDIA-Linux*.run

O processo de instalação será iniciado. Aceite os termos de licença, e nas próximas questões, selecione sempre sim, pois uma será para instalar a biblioteca 32 bit’s e a outra questão será para gerar o arquivo “Xorg.conf”.

Após o término reinicie seu computador e pronto! Será adicionada a ferramenta da Nvidia para modificar algumas preferências de vídeo:

nvidia-linux-display-driver-ia32_1

Isso ai, até a próxima!

Instalando os drivers Nvidia no Fedora

Emuladores de consoles antigos

videogame

Olá a todos!

Eu sempre gostei de jogar jogos antigos, então os emuladores sempre foram meus parceiros, principalmente pelo fato de serem gratuitos:)
Uma das coisas que eu mais gostei no Linux é a facilidade de transformar aquele monte de código doido em binários rapidinho, e por conta dessa facilidade (acredito eu) existem tantos emuladores pro nosso amado sistema. Porém para o Fedora, sempre sofri pra encontrar emuladores bons😦
Alguns exemplos: O Dolphin (emulador de Gamecube e Wii), não encontrei nenhum compilado, o Pcsxr (Playstation 1) tem um bug que a tela fica preta com o plugin Xvideo, o Snes9x-gtk (Super nintendo) ainda utiliza a gui GTK2, então foi ai que eu resolvi compilar os pacotes por mim mesmo diretamente do código fonte (Github).

Segue abaixo alguns emuladores compilados por mim:

Dolphin-emu – Gamecube e Nintendo Wii (Versão master – compilado dia 19/01/16):
https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSNHVnVmlFZUhtM0k/view?usp=sharing

Pcsxr – Playstation 1 (Versão master – driver Xvideo funcionando):
https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSNWdQQnl5bWZkLWc/view?usp=sharing

Snes9x-gtk – Super Nintendo (Compilado com a interface GTK3):
https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSNzU0cGFwVUkxTDQ/view?usp=sharing

Visualboyadvance-m – Gameboy Advance (Versão master e interface wxWidgets3 – compilado dia 10/02/16):
https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSeXd4Y05hS252OGc/view?usp=sharing

Reicast – Dreamcast (CLI apenas – sintaxe: ./reicast.elf “jogo.gdi” – compilado em 10/12/16):
https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSX2M5eXhkUlc4TDQ/view?usp=sharing

Kega Fusion – Master system e Mega drive (Basta rodar o script “instalar.sh” e jogar :P):
https://drive.google.com/file/d/0Bx9jAfRgj-qSS0E1Z0loTy1oT1U/view?usp=sharing

É isso aí, qualquer duvida, pedido de algum emulador pra compilar, estamos aee!
GOGOGO Fedora!

OBS: Se aparecer faltando biblioteca, basta digitar: # dnf provides “*/nome da biblioteca” e instalar o pacote que fornecer ela😀

EDIT: Adicionado o emulador Kega Fusion (Mega drive e Master system).

Emuladores de consoles antigos

Snes9x-gtk

Captura de tela de 2016-02-10 10-12-28

Olá pessoal!

Estava dando uma olhada no github do projeto Snes9x e eles modificaram uma parte do código port X11 (https://github.com/snes9xgit/snes9x/pull/101) porém não foi compilado ainda, então decidi compilar eu mesmo e estou disponibilizando para o povão aee!

Captura de tela de 2016-02-10 10-12-33

Programa compilado com tudo o que tem direito e com o diferencial de estar utilizando a interface gráfica GTK3 (imagem acima), em comparação com builds anteriores que utilizavam uma versão GTK2, que é uma biblioteca mais antiga.

Sem mais história, segue o link para download do pacote rpm:

Download

Snes9x-gtk

Compartilhando pastas no Fedora (samba)

samba

E ai povão do Linux beleza?

Vou falar sobre algo bem legal hoje, o compartilhamento de arquivos via smb no Fedora.

Digo especificamente para o Fedora porque o bicho é meio chatinho pra configurar e depois de passar dias com alguns cabelos a menos, e tonto de tanto ler, finalmente aprendi a configurar:)

Pra começar, vou falar um pouco do Selinux. O Fedora é um sistema que possui uma segurança reforçada, por causa do uso do Selinux. É uma política de segurança desenvolvida pela NSA (sim, aquela agência dos USA) para tomar decisões com base em “etiquetas” atribuídas á pastas e arquivos. E é exatamente esse cara que barra o compartilhamento samba.

Configurar o Selinux é complicado (pelo menos pra mim), então pra começar, vamos colocar este sistema no modo permissivo (ele não bloqueia, mas gera avisos).

Mão na massa:

Para colocar o Selinux no modo permissivo vamos fazer o seguinte:

# sed -e 7s/enforcing/permissive/ /etc/selinux/config > /etc/selinux/config

Após isto reinicie o computador. Para checar se realmente está no modo permissivo, digite o comando:

$ getenforce

Se aparecer “permissive”, beleza, próximo passo:

Instale o pacote system-config-samba para configurar gráficamente o compartilhamento:

# dnf -y install system-config-samba

Agora sim, crie uma pasta para criar seu compartilhamento e abra o programa “Samba” recém instalado.

Captura de tela de 2016-02-05 12-06-05

Primeiramente vamos definir os usuários que acessarão o compartilhamento:

Clique em Preferências>Usuários Samba:

Captura de tela de 2016-02-05 12-11-19.png

Em Adicionar usuário, definiremos um nome, senha e grupo:

Captura de tela de 2016-02-05 12-12-30.png

  • Nome de usuário Unix: O usuário do sistema Unix que terá permissões de acesso;
  • Nome de usuário Windows: O usuário em questão;
  • Senha do samba: Senha do usuário;
  • Confirme a senha: Preciso comentar? (risos)

Pronto. Com o usuário criado, vamos fazer o compartilhamento:

Clique no botão “+”:

Captura de tela de 2016-02-05 12-06-50.png

  • Pasta: A pasta que será compartilhada;
  • Nome do compartilhamento: Nome a ser exibido;
  • Descrição: Uma explicação do conteúdo da pasta;
  • Permitir escrita e Visível são auto explicatórios😛

Agora vamos definir os acessos desta pasta clicando na aba “Acesso”:

Captura de tela de 2016-02-05 12-16-08.png

Basta selecionar se deseja conceder acesso a todos, ou a um usuário específico.

Pronto? Acabou? não…

Vamos pra outra etapa.

Precisamos “subir” o serviço junto com o computador. Para isso, mais comandos:

# systemctl enable smb

E para que os outros consigam acessar a pasta, liberar o acesso no firewall:

# firewall-cmd –permanent –add-service=samba; firewall-cmd –reload

E agora sim tudo está ok!

Por hoje é só. Pode parecer um pouco complicado, mas na segunda vez, você tira de letra. Até a próxima!

Compartilhando pastas no Fedora (samba)

Microsoft no mundo opensource!?

Sim, você não leu errado, e essa é novidade… Pelo menos pra mim.

Captura de tela de 2016-02-04 11-16-51

Pra quem não sabe, Github é um serviço web para desenvolvimento de software compartilhado. Funciona semelhante a uma rede social, porém para desenvolvedores, aonde pessoas como eu, sem conhecimento nenhum em programação, podem baixar os códigos fonte e compilar programas.

E foi nessas brincadeiras de compilar programas a partir da fonte (Github) que encontrei o projeto Opensource da Microsoft no Git… E o mais interessante, é que os caras têm uma porrada de projetos, que dá cerca de 22 páginas (cada página tem 20 projetos, 20*22=440!). Isso mesmo, 440 projetos… É muita coisa.

E é isso ai, pra quem quiser fuçar um pouco, só seguir o link: https://github.com/microsoft

Achei muito legal ver que empresas como a Microsoft acaba contribuindo com a scene opensource. Até a próxima!

Microsoft no mundo opensource!?